Dário Berger deverá ser candidato a senador pela Frente Democrática

O senador Dário Berger (PSB) deverá ser indicado pré-candidato a senador pela Frente Democrática, compondo a chapa com o pré-candidato ao Governo Décio Lima (PT). O diretório estadual do PSB se reuniu virtualmente na noite de quarta-feira e por ampla maioria definiu que a direção estadual do partido e o senador têm "carta branca" para definir o caminho a tomar.

Foto: @ricardostuckert

"Na semana passada estivemos, eu e o Dário Berger, com o ex-presidente Lula e com o ex-governador Geraldo Alckmin onde recebemos um pedido para que o Dário fosse o candidato ao Senado, fortalecendo o palanque do Lula em Santa Catarina e não vejo como dizer não a um pedido desses", disse o presidente do partido Cláudio Vignatti. "O grande objetivo de todos nós nesse momento é a eleição do Lula", completou.


Para o senador Dário Berger, seu grande sonho era ser candidato a governador, mas após o pedido do ex-presidente Lula passou a analisar a possibilidade de concorrer ao Senado mais uma vez.

"Estamos diante de uma eleição histórica para o Brasil e para Santa Catarina e não vou me furtar de dar a minha contribuição e estou pronto para atender esse pedido do ex-presidente Lula e do ex-governador Geraldo Alckmin, nossas duas grandes lideranças nacionais", explicou aos membros do diretórios e pré-candidatos a deputado. "Fiz um grande trabalho no Senado e isso me credencia a buscar a reeleição", emendou. O senador destacou também que esse gesto visa o fortalecimento do PSB e o futuro do partido. "Essa decisão foi tomada após ouvir os pré-candidatos, o diretório e a executiva do partido ", salientou.

Na próxima segunda-feira a executiva estadual do PSB se reúne para definir a candidatura, que deverá ser anunciada oficialmente. A convenção do partido está marcada para o dia 5 de agosto.